Governo lança operação contra violência no trânsito

Coordenada pela Polícia Rodoviária Federal, a campanha tem o objetivo de fazer uma fiscalização intensa nas rodovias federais para alertar os motoristas sobre os riscos da imprudência no trânsito; participam do lançamento os ministros das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, da Justiça, José Eduardo Cardozo, dos Transportes, César Borges, e da Saúde, Alexandre Padilha

Coordenada pela Polícia Rodoviária Federal, a campanha tem o objetivo de fazer uma fiscalização intensa nas rodovias federais para alertar os motoristas sobre os riscos da imprudência no trânsito; participam do lançamento os ministros das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, da Justiça, José Eduardo Cardozo, dos Transportes, César Borges, e da Saúde, Alexandre Padilha
Coordenada pela Polícia Rodoviária Federal, a campanha tem o objetivo de fazer uma fiscalização intensa nas rodovias federais para alertar os motoristas sobre os riscos da imprudência no trânsito; participam do lançamento os ministros das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, da Justiça, José Eduardo Cardozo, dos Transportes, César Borges, e da Saúde, Alexandre Padilha (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Brasil
Brasília - O governo federal lança hoje (19) a Operação Integrada de Enfrentamento à Violência no Trânsito 2013/2014. Será às 15h, no Ministério da Justiça. Coordenada pela Polícia Rodoviária Federal, a operação tem o objetivo de fazer uma fiscalização intensa nas rodovias federais para alertar os motoristas sobre os riscos da imprudência no trânsito.

Na mesma cerimônia, o Ministério das Cidades lança a campanha Resgate, que será veiculada até 23 de janeiro.

Participam do lançamento os ministros das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, da Justiça, José Eduardo Cardozo, dos Transportes, César Borges, e da Saúde, Alexandre Padilha.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247