Governo prevê desligamento de mais de 25 mil funcionários

É o que aponta um levantamento feito a partir de informações do Ministério da Economia e das próprias empresas; foram aprovados pelo governo este ano sete programas de demissão voluntária (PDVs) ou de aposentadoria incentivada de empresas distintas

Governo prevê desligamento de mais de 25 mil funcionários
Governo prevê desligamento de mais de 25 mil funcionários

247 - O número de desligamentos dentro do governo Jair Bolsonaro este ano poderá passar de 25 mil. Integrantes da atual gestão têm defendido a necessidade de redução de custo. A estatística consta em levantamento feito pelo G1, a partir de informações do Ministério da Economia e das próprias empresas. 

De acordo com Fernando Soares, secretário de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest) do Ministério da Economia, foram aprovados pelo governo este ano 7 programas de demissão voluntária (PDVs) ou de aposentadoria incentivada de empresas distintas. O governo estima que, de 21,5 mil desligamentos ao longo do ano somente com esses sete programas, a economia com folha de pagamento poderá ser em torno de R$ 2,3 bilhões por ano.

"Além desses, já temos outros 4 em discussão", disse o secretário Soares em entrevista ao G1.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247