Graça Foster pode ser convocada a depor no MP

Presidente da Petrobras não figura como investigada na Lava Jato, mas pode ser convocada pelos investigadores a prestar esclarecimentos depois que Venina Velosa da Fonseca disse ter lhe avisado sobre irregularidades na empresa; a ex-gerente depôs durante cinco horas aos procuradores na última sexta-feira

A presidente da Petrobras, Graça Foster, presta depoimento à CPI da Petrobras. É a segunda vez que a principal executiva da estatal explica aos senadores denúncias de irregularidades na empresa, como as relativas à compra da refinaria de Pasadena, nos EUA
A presidente da Petrobras, Graça Foster, presta depoimento à CPI da Petrobras. É a segunda vez que a principal executiva da estatal explica aos senadores denúncias de irregularidades na empresa, como as relativas à compra da refinaria de Pasadena, nos EUA (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Embora não seja algo de investigação na Operação Lava Jato, que apura corrupção entre empreiteiras e a Petrobras, a presidente da estatal, Graça Foster, pode ser convocada a depor no Ministério Público, informa reportagem dos jornalistas Juliano Basile e André Guilherme Vieira, do Valor Econômico.

Na última sexta-feira 19, a ex-gerente da empresa Venina Velosa da Fonseca prestou depoimento de quase cinco horas aos procuradores da República e citou fatos que serão apurados em novos inquéritos policiais. Ela argumenta ter avisado a executiva de irregularidades que aconteciam em contratos na companhia.

A força-tarefa da Lava Jato recebeu documentos e o computador de Venina, que denuncia três esquemas de desvios de dinheiro na estatal. Após depor sob proteção policial, ela deverá ser ouvida pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos relacionados à investigação.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247