Greve de operários da Odebrecht em Pernambuco pode acabar hoje

Funcionrios que trabalham na obra da PetroqumicaSuape realizam assembleia nesta quinta-feira para discutir a possibilidade de retomar suas atividades, paralisadas desde a ltima sexta-feira

 Greve de operários da Odebrecht em Pernambuco pode acabar hoje
Greve de operários da Odebrecht em Pernambuco pode acabar hoje (Foto: Helia Scheppa/JC Imagem/AE)

PE247- A paralisação, iniciada na sexta-feira da semana passada, dos operários da Odebrecht Engenharia Industrial que trabalham na obra da PetroquímicaSuape pode ter um fim nesta quinta-feira (23). Os trabalhadores realizam, ainda no período da manhã, uma assembléia para decidir se permanecem em greve ou se retomam suas atividades. São cerca de 8.5 mil funcionários que reivindicam a revisão do pagamento do programa de participação nos lucros e resultados (PLR) da empreiteira. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Construção Pesada de Pernambuco (Sintepav-PE), há distorções nos valores do benefício.

A Oedbrecht nega que tenha ocorrido algum equívoco no pagamento do PLR dos funcionários lotados na PetroquímicaSuape. Segundo a empresa, ela cumpre o que está previsto no acordo de convenção coletiva de trabalho, firmado entre o Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada (Sinicon) e o Sintepav/PE em setembro de 2011.

Entretanto, a Odebrecht já adiantou que pagará, na próxima sexta-feira (24), um bônus relacionado ao desempenho para todos os operários da área de produção. O benefício, inclusive, será pago juntamente com o questionado PLR.

Na conta do Sintepav-PE, estariam faltando cerca de 20 horas do PLR dos funcionários da empreiteira. Atualmente, os representantes dos trabalhadores pedem uma correção em mais de 90 horas.

A greve deixou a obra da Petroquímica completamente paralisada. A Odebrecht tinha a intenção de manter as atividades no canteiro durante o Carnaval, obedecendo um esquema de escala entre os funcionários.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247