Guedes, que ameaçou com novo AI-5, diz que "não houve ameaça à democracia"

"O Brasil é uma democracia vibrante, não houve ameaça à democracia brasileira em nenhum momento", afirmou Paulo Guedes, ao fazer um balanço do primeiro ano de governo de governo Jair Bolsonaro

Ministro da Economia, Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, que em novembro demonstrou desapreço pela democracia e ameaçou editar um novo AI-5, medida de maior repressão da ditadura militar, ao falar de medidas de exceção em caso de protestos contra o governo, disse nesta quarta-feira (18), ao fazer um balanço do primeiro ano do governo, que o Brasil tem uma democracia vibrante e que ela não esteve ameaçada em “nenhum momento” nos últimos anos.

"O Brasil é uma democracia vibrante, não houve ameaça à democracia brasileira em nenhum momento", afirmou Guedes, segundo reportagem do jornal O Globo. Para ele, "tivemos um aperfeiçoamento institucional brilhante".

"Ninguém controla o Brasil. O Brasil é grande sociedade aberta em construção. Eu jamais hesitei em relação a firmeza da democracia brasileira", diz Guedes, sem citar as declarações recentes.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247