Haddad: Moro pariu um golpe

O ex-presidenciável do PT Fernando Haddad afirmou que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, "pariu o golpe"; Novas revelações do site Intercept Brasil, desta vez em parceira com o jornal Folha de S.Paulo, apontaram que Moro, na condição de juiz da Operação Lava Jato, fez articulações com o procurador Deltan Dallagnol para se proteger de possíveis atritos com o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki (atualmente falecido)

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidenciável do PT Fernando Haddad afirmou que o ministro da Justiça e Segurança Pùblica, Sérgio Mor, "pediu o golpe". 

Novas revelações do site Intercept Brasil, desta vez em parceira com o jornal Folha de S.Paulo, apontaram que Moro, na condição de juiz da Operação Lava Jato, fez articulações com o procurador Deltan Dallagnol para se proteger de possível atritos com o ministro do SUpremo Tribunal Federal Teori Zavascki (atualmente falecido), após a divulgação de papéis encontrados pela Polícia Federal na casa de um executivo da Odebrecht  que expunha  indevidamente dezenas de políticos que tinham direito a foro especial -- e que só podiam ser investigados com autorização da corte.

No diálogo, Moro escreve: "Tremenda bola nas costas da Pf", disse Moro. "E vai parecer afronta". 

Dallagnol responde: "Saiba não só que a imensa maioria da sociedade está com Vc, mas que nós faremos tudo o que for necessário para defender Vc de injustas acusações".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247