Heleno critica "Democracia em Vertigem" e internautas sugerem filme sobre matança e corrupção no Haiti

O ministro do GSI, general Augusto Heleno, criticou a indicação do documentário "Democracia em Vertigem" ao Oscar, mas o tiro saiu pela culatra. Internautas lembraram que ele liderou missão no Haiti acusada de promover matanças e corrupção

Augusto Heleno: o general fala com líder de grupo de apoiadores do ex-presidente haitiano Jean-Bertrand Aristide sobre a rota que uma manifestação deveria tomar em 29 de março de 2005
Augusto Heleno: o general fala com líder de grupo de apoiadores do ex-presidente haitiano Jean-Bertrand Aristide sobre a rota que uma manifestação deveria tomar em 29 de março de 2005 (Foto: REUTERS/Daniel Morel/File photo)

247 - O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, usou suas redes sociais para criticar a indicação do documentário "Democracia em Vertigem" ao Oscar, mas o tiro saiu pela culatra.

Internautas lembraram que ele liderou missão no Haiti acusada de matanças e corrupção. Suas tropas dispararam 22 mil balas na busca por líder combatente. Segundo organizações, dezenas de civis morreram no fogo cruzado, incluindo mulheres e crianças.

Veja a repercussão: 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247