Ideia de Rodrigo Maia contrária à renúncia fiscal do Simples é criticada no Senado como uma "bobagem"

O senador Jorginho Mello (PL-PR) atacou a ideia de acabar a renúncia fiscal do Simples, sugerida pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ)

Rodrigo Maia
Rodrigo Maia (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados cogita acabar a renúncia fiscal do Simples como forma de abrir espaço no Orçamento. Sofreu dura crítica no Senado por isso. 

O senador Jorginho Mello (PL-PR) diz que ideia de Maia é "lamentável" e "uma bobagem", informa o Painel da Folha de S.Paulo.

De acordo com Maia, o regime de isenção do Simples gasta R$ 80 bi e não se sabe se gera empregos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247