Igreja e editora de Malafaia devem R$ 4,6 mi em impostos

O pastor questiona parte das dívidas com base em uma lei aprovada pelo Congresso em setembro do ano passado, que perdoa as dívidas das igrejas no valor de R$ 1 bilhão

O pastor Silas Malafaia
O pastor Silas Malafaia (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo e a editora Central Gospel, comandadas pelo pastor Silas Malafaia, devem milhões em impostos à Receita Federal. A igreja possui R$ 4.6 milhões em impostos inscritos como dívida ativa da União, enquanto a editora possui R$ 26 mil em débitos da CSLL (Contribuição Social do Lucro Líquido), segundo dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) obtidos pelo UOL.

As cifras são quase o triplo do registrado em dezembro de 2018, quando somavam R$ 1.59 milhão. Os dados se referem ao mês de fevereiro. 

Segundo o pastor, ele pagou R$ 7 milhões em impostos desde 2018. Ele questiona parte das dívidas com base em uma lei aprovada pelo Congresso em setembro do ano passado, que perdoa as dívidas das igrejas no valor de R$ 1 bilhão. 

"Esses meus débitos têm a ver com tributos mesmo que eu tenho que pagar, pedir para renegociar", admitiu o pastor. "O outro está em discussão na Receita Federal. Tem discussão ainda porque tem a questão do que foi feito agora... que votou no Congresso", disse Malafaia. 

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email