Indicada do PP assume Sudam no lugar do PMDB

Presidenta Dilma Rousseff exonerou nesta sexta-feira 8 a diretora de Administração da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Fátima Pelaes (foto), ex-deputada federal que havia sido indicada pelo PMDB; em seu lugar foi nomeada Margareth dos Santos Abdon, indicada pelo PP

Presidenta Dilma Rousseff exonerou nesta sexta-feira 8 a diretora de Administração da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Fátima Pelaes (foto), ex-deputada federal que havia sido indicada pelo PMDB; em seu lugar foi nomeada Margareth dos Santos Abdon, indicada pelo PP
Presidenta Dilma Rousseff exonerou nesta sexta-feira 8 a diretora de Administração da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Fátima Pelaes (foto), ex-deputada federal que havia sido indicada pelo PMDB; em seu lugar foi nomeada Margareth dos Santos Abdon, indicada pelo PP (Foto: Aquiles Lins)

Paulo Victor Chagas, da Agência Brasil - A presidenta Dilma Rousseff exonerou hoje (8) a diretora de Administração da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Fátima Pelaes.

Filiada ao PMDB, Fátima estava na diretoria da Sudam desde agosto do ano passado e será substituída por Margareth dos Santos Abdon, indicada pelo PP. O deputado federal André Abdon (AP), irmão de Margareth, que era do PRB, filiou-se recentemente ao PP. A exoneração de Fátima e a nomeação de Margareth foram publicadas na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União.

Ex-deputada federal, Fátima Pelaes candidatou-se à reeleição em 2014 pelo PMDB do Amapá e é primeira suplente dos deputados Roberto Goes (PDT) e Cabuçu Borges (PMDB). Ela é presidenta do PMDB Mulher no Amapá e 2ª vice-presidenta do Diretório Regional do partido no estado.

Desde a semana passada, quando o PMDB anunciou rompimento com o governo, nomes indicados pelo partido têm sido destituídos de seus cargos.

Na mesma edição, o Diário Oficial publica a exoneração do secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor do Ministério do Esporte, Rogério Hamam, que é filiado ao PRB e coordenador nacional de Turismo do partido. Em meados de março, o PRB deixou a base aliada ao governo e exigiu a saída do então ministro do Esporte, George Hilton. Embora tenha se filiado ao PROS para permanecer no cargo, Hilton foi demitido por Dilma no fim do mês.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247