Indígena que acompanhou Bolsonaro na Onu desabafa: ‘estou decepcionada’

Ysany Kalapalo, a indígena que defendeu Bolsonaro na ONU e nas redes sociais causando polêmica entre povos indígenas, confessou estar decepcionada com o ex-capitão. Ela diz: “está faltando diálogo com as minorias. Eu tinha muita expectativa de que o governo dele seria diferente, mas, depois de esperar e esperar, isso não está acontecendo"

Ysani Kalapalo
Ysani Kalapalo (Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista à BBC News Brasil, Ysani Kalapalo fez várias críticas a Bolsonaro. Segundo Kalapalo, cargos no governo têm sido ocupados com base em relações de amizade e não por competência técnica.

A reportagem do portal Uol destaca que “no início do ano, Ysani trocou farpas no Twitter com o presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio), Marcelo Xavier. Criticado publicamente pela youtuber, Xavier disse que a processaria.”

A matéria ainda acrescenta que “integrante do povo Kalapalo, da Terra Indígena do Xingu, Ysani se mudou para São Paulo aos 12 anos para fazer um tratamento médico. Desde então, faz visitas periódicas à aldeia natal, Tehuhungu, que hoje tem como cacique seu irmão.”

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247