“Interferência de Bolsonaro na PF já está caracterizada”, diz presidente da OAB

Felipe Santa Cruz afirma que as denúncias de Moro acusando Bolsonaro de interferência indevida na Polícia Federal "já está, em parte, caracterizada" e se agravaram com as declarações feitas pelo empresário Paulo Marinho, suplente de Flávio Bolsonaro

Felipe Santa Cruz e Jair Bolsonaro
Felipe Santa Cruz e Jair Bolsonaro (Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, avalia que a interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal já está caracterizada.

Em entrevista ao site Metrópoles, o advogado afirma que as provas apresentadas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, agora corroboradas com as revelações trazidas a público pelo empresário Paulo Marinho, suplente do senador Flávio Bolsonaro, evidenciam as intenções de Bolsonaro de “aparelhar a PF” em proveito próprio e da família.

“A interferência indevida na Polícia Federal já está, em parte, caracterizada. A prova que o Moro fez da influência direta, o presidente dizendo assim: 10 a 12 deputados do PSL vão responder a inquérito na PF do Rio, e o presidente aponta que ali está o motivo para a retirar o superintende. Acho que houve interferência”, avaliou.

Segundo Felipe Santa Cruz, as revelações feitas pelo empresário Paulo Marinho, de vazamento de informações sobre uma operação contra a família em função do segundo turno das eleições de 2018, mostram o aparelhamento da corporação para servir a interesse políticos.

“Esses são fatos graves, anteriores ao mandato, isso tem que ser dito, mas que configuram, se provados todos, um estado de coisas muito preocupante. A Polícia Federal não pode ser aparelhada pelo presidente”, enfatizou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email