Internautas reagem ao processo que ameaça fechar o PT

“É óbvio que a decisão do procurador que deferiu hoje o pedido para cassar o registro do PT será revertida, mas é assustador que a perseguição ao Partido dos Trabalhadores continue agindo para acabar, de forma autoritária, com o maior partido do Brasil”, escreveu o jornalista William De Lucca

www.brasil247.com - Jornalista William De Lucca
Jornalista William De Lucca (Foto: Divulgação)


Da revista Fórum – O parecer favorável dado pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés a um processo que pede a extinção do Partido dos Trabalhadores (PT) mobilizou as redes sociais neste sábado (4).

A hashtag #NinguémApagaNossaEstrela ocupou os assuntos do momento do Twitter na noite deste sábado. Parlamentares, lideranças políticas e militantes e demais usuários das redes promoveram a tag.

“É óbvio que a decisão do procurador que deferiu hoje o pedido para cassar o registro do PT será revertida, mas é assustador que a perseguição ao Partido dos Trabalhadores continue agindo para acabar, de forma autoritária, com o maior partido do Brasil #NinguémApagaNossaEstrela”, escreveu o jornalista William De Lucca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Deputado do PSL entra com ação para cassar registro eleitoral do PT por motivação meramente ideológica. Não basta saquear o país, eles querem calar qualquer voz que denuncie o perverso do atual governo #NinguémApagaNossaEstrela”, disse a deputada federal Luizianne Lins (PT-CE).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra na Fórum

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email