Intoxicação atinge mais de 50 alunos de escola do Rio

Os estudantes do Centro Educacional Beatriz da Silva, em Terespolis, tiveram crises de vmito e diarreia; pelo menos um continua internado

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Mais de 50 alunos do Centro Educacional Beatriz da Silva, em Teresópolis, na Região Serrana, deram entrada ontem em unidades de saúde com infecção intestinal. Os estudantes tiveram crises de vômito e diarreia, e pelo menos um continua internado, nesta manhã, no Hospital das Clínicas da cidade. Por recomendação da secretaria municipal de saúde, a escola está sem aulas hoje.

Ainda não há a confirmação do que teria causado a intoxicação. Os alunos, com idades entre 11 e 16 anos, são do turno da manhã e, de acordo com a prefeitura, começaram a apresentar os sintomas à tarde. Foram 58 pessoas infectadas, entre adultos, adolescentes e crianças.

Uma equipe da secretaria de Saúde esteve ontem na escola para coletar amostras de água e alimentos para análise. Nesta sexta, está sendo feita a limpeza da unidade. Ainda segundo a prefeitura, os pais dos estudantes foram orientados, ontem, a procurar atendimento médico caso a criança apresentasse algum mal-estar.

"A Secretaria de Saúde imediatamente reforçou o quadro de profissionais de plantão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), totalizando quatro pediatras e quatro clínicos gerais, além de enfermeiros e técnicos, para garantir o funcionamento normal da unidade e também dar assistência aos alunos do Beatriz Silva", informou, por meio de nota.

"Não haverá aula no Centro Educacional Beatriz Silva nesta sexta-feira, 16, para que seja feito o rastreamento necessário. Trata-se de uma ação preventiva para investigar o ocorrido, identificar e combater o foco do problema".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247