Já caiu a casa de Gurgel

Em depoimento CPI do Cachoeira, o delegado da Polcia Federal Raul Alexandre disse que a deciso de no levar adiante as evidncias reunidas na Operao Vegas, em 2009, foi da subprocuradora da Repblica Cludia Sampaio Marques; ela esposa do procurador-geral da Repblica, Roberto Gurgel

Já caiu a casa de Gurgel
Já caiu a casa de Gurgel (Foto: JOSE CRUZ/AGÊNCIA BRASIL)

247 – O início dos trabalhos da CPI do Cachoeira, na semana passada, teve um grande ponto de controvérsia: o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, deve ou não ser convocado para depor? Depois do depoimento do delegado da Polícia Federal Raul Alexandre, nesta terça-feira, a dúvida acabou para parte dos parlamentares.

Em sessão fechada, o delegado disse aos integrantes da CPI que partiu da subprocuradora da República Cláudia Sampaio Marques, mulher de Gurgel, a decisão de não levar adiante as evidências reunidas na Operação Vegas, em 2009. A informação foi tornada pública pelo senador Randolfe Rodrigues (PSol-AP).

De acordo com o delegado, Cláudia Sampaio Marques enviou ofício à PF, naquele ano, dizendo não ter identificado indícios na Operação Vegas que justificassem a abertura de investigação. O problema é que boa parte das evidências sobre as relações entre o senador Demóstenes Torres e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, que embasam a CPI, saiu dessa operação.

Agora, os membros da CPI planejam convocar Cláudia Sampaio Marques e Gurgel para saber que motivos fundamentaram a decisão.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247