Janio de Freitas: escandalo de fake news no WhatsApp fere lisura da eleição

Janio de Freitas: escandalo de fake news no WhatsApp fere lisura da eleição
Janio de Freitas: escandalo de fake news no WhatsApp fere lisura da eleição

247 - "O dano causado à lisura da eleição para presidente, pelo uso fraudulento da internet em benefício de Jair Bolsonaro, é irreparável e inapagável", diz o jornalista janio de Freitas em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo. Para ele, "já atingido por desprestígio crescente nos últimos anos, o Judiciário está diante de um problema que põe à prova o discernimento, a coragem e a consciência de um bom número de magistrados. 

"São vários crimes associados e simultâneos que se mostram na revelação da repórter Patrícia Campos Mello de que empresas pagaram ao menos R$ 12 milhões por pacotes de disparos em massa de mensagens, no WhatsApp, contra Fernando Haddad (PT). Já se sabe que uma das empresas de informática capazes desse serviço, por exemplo o Dot Group, pode lançar mensagens para 80 milhões de pessoas. Gasto de empresas com candidatos é crime eleitoral", ressalta. 

Para ele, "Bolsonaro falou muito e à toa em fraude. Por algum motivo, fraude não lhe saía da cabeça".

Leia a íntegra

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247