Jessé Souza: Bolsonaro é um agente do governo americano

O sociólogo e escritor Jessé Souza, que lança seu novo livro "A guerra contra o Brasil", analisou a submissão de Jair Bolsonaro ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como um pagamento de “dívidas”. Assista na TV 247

www.brasil247.com - Jessé Souza, Donald Trump e Jair Bolsonaro
Jessé Souza, Donald Trump e Jair Bolsonaro


247 - O sociólogo e escritor Jessé Souza conversou com a TV 247 sobre a submissão de Jair Bolsonaro ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a qual ele credita a um pagamento de “dívidas de campanha”. Segundo Jessé, Bolsonaro não defende nenhum interesse brasileiro e paga com obediência o que recebeu durante sua campanha eleitoral em 2018.

Ele afirmou que “Bolsonaro é um agente do governo americano” no Brasil e que foi colocado pelos norte-americanos no cargo mais alto da política brasileira.

“O que os Estados Unidos fizeram agora foi pôr um comandante de quadrilha, ou pelo menos o representante político máximo de uma quadrilha, na presidência do maior país latino-americano, esse é o ponto. Ele obviamente não está defendendo nenhum interesse brasileiro, como ele nunca fez. Ele está aí pagando suas dívidas de campanha, o projeto político de Bolsonaro só pode ser compreendido se a gente entende que ele está pagando suas dívidas de campanha, e essa campanha foi construída nos Estados Unidos”, disse.

Na entrevista, Jessé Souza discute outros aspectos retratados em seu livro “A elite do atraso”, que trata a Lava Jato como um ataque à soberania brasileira e à sua economia.

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247