João de Deus pega 19 anos de prisão em primeira condenação por crimes sexuais

Preso preventivamente há um ano, o médium João de Deus foi condenado na tarde desta quinta-feira por crimes sexuais cometidos contra quatro mulheres durante atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia

João de Deus
João de Deus (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O médium João de Deus foi condenado na tarde desta quinta-feira (19) a 19 anos de prisão por crimes sexuais contra quatro mulheres durante atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia. A condenação foi dada pela juíza Rosâgela Rodrigues, da comarca de Abadiânia.

João de Deus já cumpre prisão preventiva há um ano no Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia. É a primeira condenação do médium por este tipo de crime. Anteriormente, ele já havia sido condenado por porte ilegal de armas.

Ao todo, João de Deus foi denunciado 13 vezes pelo Ministério Público. 11 denúncias contemplam abusos sexuais contra 57 mulheres.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247