Jornal Nacional lacra o caixão político de Bolsonaro

O Jornal Nacional dedicou mais da metade de sua edição para destacar as denúncias de Sergio Moro contra Jair Bolsonaro. Moro foi apresentado como vítima das pressões indevidas de Bolsonaro, com trechos inteiros de sua fala ocupando o telejornal

Jornal Nacional dedica primeiro bloco aos áudios de Bolsonaro e Bebianno
Jornal Nacional dedica primeiro bloco aos áudios de Bolsonaro e Bebianno
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Para o Jornal Nacional, o estopim da saída do agora ex-ministro foi o assédio de Jair Bolsonaro que, segundo Moro, pressionou para trocar superintendentes da Polícia Federal, cujas investigações começam a chegar nos filhos do presidente. 

O tom do jornal foi bastante positivo para Moro e letal para Bolsonaro. A cenografia do relato, revestida por uma ordem segura dos acontecimentos nesta sexta-feira fatídica, abriu o espaço que faltava para o declínio definitivo do ex-capitão na presidência da República. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247