Jovem armado assusta colégio em São Gonçalo, no Rio

Menino de apenas 14 anos carregava uma pistola automática Bereta; funcionários e alunos ficaram assustados com o adolescente que exibia a arma sem munição para os colegas; há um ano e quatro meses, 12 estudantes foram brutalmente assassinados no massacre de Realengo

Jovem armado assusta colégio em São Gonçalo, no Rio
Jovem armado assusta colégio em São Gonçalo, no Rio (Foto: Divulgação)

Rio 247 – Na tarde desta sexta-feira 3, um jovem de 14 anos foi encaminhado para a 74ª Delegacia de Polícia, em Alcântara. O adolescente estava armado e mostrou a arma para os colegas do Ciep Almerinda de Azevedo, na Rua Borges, em Rio do Ouro, São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

A pistola automática Beretta calibre 6.35 estava sem munição. Os pais do menino serão chamados para prestar esclarecimentos.

Em 7 de abril de 2011, 12 crianças foram assassinadas na tragédia de Realengo. Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, ex-aluno da Escola Tasso da Silveira, invadiu o prédio, armado com dois revólveres, e cometeu o massacre, suicidando-se depois do atentado.

Com informações de O Dia e G1.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247