Justiça bloqueia bens de donos da boate Kiss

O objetivo da ação judicial, segundo a Defensoria Pública, é assegurar a reserva de patrimônio da empresa e de seus proprietários, para garantir pagamentos de eventuais indenizações aos familiares das vítimas; donos da Kiss, Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann foram presos para impedir que a investigação da polícia sofra manipulação de provas

Justiça bloqueia bens de donos da boate Kiss
Justiça bloqueia bens de donos da boate Kiss
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O juiz do fórum de Santa Maria (RS), Afif Simões Neto, deferiu na noite desta segunda-feira pedido de liminar da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul determinando o bloqueio dos bens dos quatro proprietários da Boate Kiss, onde um incêndio matou mais de 230 pessoas na madrugada de domingo.

A medida cautelar foi motivada pelo tamanho do dano causado pelo incêndio da casa noturna, pelo número de pessoas atingidas e pela conduta dos empresários, que não se apresentaram imediatamente à Polícia.

O objetivo da ação judicial, segundo a Defensoria Pública, é assegurar a reserva de patrimônio da empresa e de seus proprietários, para garantir pagamentos de eventuais indenizações aos familiares das vítimas. "O propósito da Defensoria Pública é assegurar o direito das pessoas a terem garantida futura indenização, de modo coletivo e igualitário a todos os familiares das vítimas da tragédia", disse o defensor público-geral do Estado, Nilton Arnecke Maria. A Defensoria Pública, entretanto, ressalta que a ação não discute a responsabilidade civil dos réus.

Nesta segunda foi decretada a prisão temporária de quatro pessoas diretamente envolvidas no incêndio da boate Kiss, para garantir que a investigação da polícia não tenha manipulação de provas.

Estão presos os donos da boate, Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann, e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira: Marcelo de Jesus dos Santos, vocalista e apontado como o homem que detonou o sinalizador que provocou o fogo, e Luciano Bonilha, responsável pela montagem do palco e pela decoração.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247