‘Justiça brasileira deveria aprender com vídeo na arbitragem da Copa’

Presidenciável Guilherme Boulos (Psol) afirmou que o "uso do vídeo na arbitragem da Copa mostra que juiz de futebol não é Deus e pode falhar"; "O Judiciário brasileiro deveria aprender com isso, ainda mais com tantos juízes que tem time político escancarado. Pode isso, Arnaldo?"

Presidenciável Guilherme Boulos (Psol) afirmou que o "uso do vídeo na arbitragem da Copa mostra que juiz de futebol não é Deus e pode falhar"; "O Judiciário brasileiro deveria aprender com isso, ainda mais com tantos juízes que tem time político escancarado. Pode isso, Arnaldo?"
Presidenciável Guilherme Boulos (Psol) afirmou que o "uso do vídeo na arbitragem da Copa mostra que juiz de futebol não é Deus e pode falhar"; "O Judiciário brasileiro deveria aprender com isso, ainda mais com tantos juízes que tem time político escancarado. Pode isso, Arnaldo?" (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O pré-candidato à presidência da República Guilherme Boulos (Psol) afirmou neste sábado (16) que o "uso do vídeo na arbitragem da Copa mostra que juiz de futebol não é Deus e pode falhar".

"O Judiciário brasileiro deveria aprender com isso, ainda mais com tantos juízes que tem time político escancarado. Pode isso, Arnaldo?", questionou o presidenciável em sua conta n Twitter

O pessolista também criticou a advogado Janaína Paschoal, que acusou Dilma Rousseff e "escandalizou o país com seus impropérios, pode ser candidata pelo partido de Bolsonaro. Algumas pessoas tem o incrível dom de sempre surpreender: quando se pensa que chegaram ao fundo do poço abrem um novo poço".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247