Kakay vê crime de responsabilidade na ligação entre Bolsonaro e Kajuru

"É impossível imaginar algo mais grave", diz o criminalista. No telefonema, Bolsonaro fala em usar a CPI contra governadores, prefeitos e ministros do STF

Kakay vê oportunidade para que Marconi esclareça venda da casa
Kakay vê oportunidade para que Marconi esclareça venda da casa (Foto: DIVULGAÇÃO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, afirma que Jair Bolsonaro cometeu mais um crime de responsabilidade na conversa divulgada pelo senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO). "O Presidente da República articulando com um Senador da República, um dos autores do pedido de abertura da CPI, a mudança do objeto específico da CPI. E articulando, presidente da República e senador da República, um pedido de abertura de impeachment contra ministros do Supremo Tribunal. Parece evidente que há uma grave conspiração contra o livre exercício do Poder Judiciário", diz ele.

"Impossível imaginar algo mais grave, se confirmado que a conversa é mesmo entre um Senador da República e o Presidente da República. A investigação se impõe, pois o crime de responsabilidade parece evidente, para a garantia da estabilidade democrática", afirma. 

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email