Laurita Vaz, como plantonista, solta preso condenado a 30 anos por assassinato

Presidente do STJ, Laurita Vaz, que negou Habeas Corpus ao ex-presidente Lula, concedeu liminar para que Fábio Pisoni, de 36 anos, responda a um processo em liberdade - ele foi condenado por juri popular em Gurupi (TO) a 30 anos pelo homicídio do estudante Vinicius Duarte e tentativa de homicídio de Leonardo Melo, além de porte ilegal de arma de fogo

Laurita Vaz, como plantonista, solta preso condenado a 30 anos por assassinato
Laurita Vaz, como plantonista, solta preso condenado a 30 anos por assassinato (Foto: Esq.: Divulgação / Dir.: Reprodução)

Revista Fórum - Fábio Pisoni, de 36 anos, foi condenado por juri popular em Gurupi (TO) a 30 anos pelo homicídio do estudante Vinicius Duarte e tentativa de homicídio de Leonardo Melo, além de porte ilegal de arma de fogo. No entanto, vai poder responder ao processo em liberdade graças a liminar concedida pela presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, em regime de plantão.

Laurita é a mesma que negou habeas corpus impetrado em favor de Lula, contra a decisão do presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que indeferiu a solicitação de liberdade ao ex-presidente da República. As informações são do site do STJ.

Leia a íntegra

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247