Lava Jato deflagra nova fase e prende genro de Emílio Odebrecht

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (21) a 63ª fase da Operação Lava Jato. Os alvos de prisão são o ex-executivo da Odebrecht Maurício Ferro e o advogado Nilton Serson. Ferro é genro de Emílio Odebrecht e diretor jurídico da empreiteira. A corporação investiga a suspeita de pagamentos periódicos da empresa a ex-ministros

(Foto: REUTERS/Guadalupe Pardo)

247 - A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (21) a 63ª fase da Operação Lava Jato. Os alvos de prisão são o ex-executivo da Odebrecht Maurício Ferro e o advogado Nilton Serson. Ferro é genro de Emílio Odebrecht e diretor jurídico da empreiteira.

De acordo com a PF, são cumpridos dois mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão em São Paulo e na Bahia.

A corporação investiga a suspeita de pagamentos periódicos da Odebrecht a dois ex-ministros identificados na planilha da empreiteira como "Italiano" e "Pós-Itália". Em depoimento, Marcelo Odebrecht afirmou que "Italiano" era o codinome do ex-ministro Antônio Palocci e "Pós-Itália" era Guido Mantega.

O pagamento da propina seria para aprovar medidas provisórias que instituiriam o programa chamado de Refis da Crise. A PF informou que foi determinado o bloqueio de R$ 555 milhões dos investigados.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247