Lava Jato faz nova vítima: seguradoras

Companhias estão recebendo notificações de atrasos em obras que podem gerar seguro garantia; com problemas em caixa, empreiteiras investigadas por suspeita de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras, tem sido forçadas a rever contratos; o “aviso de expectativa de sinistro” podem aumentar o volume de indenizações 

Companhias estão recebendo notificações de atrasos em obras que podem gerar seguro garantia; com problemas em caixa, empreiteiras investigadas por suspeita de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras, tem sido forçadas a rever contratos; o “aviso de expectativa de sinistro” podem aumentar o volume de indenizações 
Companhias estão recebendo notificações de atrasos em obras que podem gerar seguro garantia; com problemas em caixa, empreiteiras investigadas por suspeita de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras, tem sido forçadas a rever contratos; o “aviso de expectativa de sinistro” podem aumentar o volume de indenizações  (Foto: Roberta Namour)

247 – Além de ameaçar o emprego de milhares de pessoas do setor naval e da construção, a operação Lava Jato, comandada pelo juiz Sérgio Moro, inclui entre suas vítimas as seguradoras.

As companhias estão recebendo notificações de atrasos em obras que podem gerar seguro garantia. O “aviso de expectativa de sinistro” pode aumentar o volume de indenizações.

Com problemas em caixa, as empreiteiras investigadas por suspeita de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras, tem sido forçadas a rever contratos. Os executivos dessas construtoras, as maiores do Brasil, como a Camargo Corrêa, estão presos em Curitiba.

Leia aqui reportagem de Thais Folego sobre o assunto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247