Lavagem do Bonfim reúne um milhão de pessoas

Em Salvador, na Bahia, baianos e turistas cumpriram um ritual de 258 anos para agradecer e fazer pedidos ao Senhor do Bonfim, na manh de hoje

Lavagem do Bonfim reúne um milhão de pessoas
Lavagem do Bonfim reúne um milhão de pessoas (Foto: RAUL SPINASSé/AGÊNCIA ESTADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Um milhão de baianos e turistas cumpriram um ritual de 258 anos, a Lavagem do Bonfim, para agradecer e fazer pedidos ao Senhor do Bonfim - sincretizado, no candomblé, com Oxalá -, na manhã de hoje, segunda quinta-feira do ano, em Salvador. A celebração começou na frente da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, às 8 horas, com um cerimônia interreligiosa ecumênico na qual representantes de várias religiões reuniram-se para pedir paz.

O cortejo até a Basílica de Senhor do Bonfim teve início em seguida, por volta das 9 horas. Liderados por um grupo de cerca de 300 baianas tipicamente trajadas e portando potes de água de cheiro para a lavagem das escadarias da igreja, autoridades políticas, grupos artísticos, afoxés, blocos afro, representantes sindicais e indígenas e muitas famílias percorreram, sob sol forte, os oito quilômetros que separam as duas igrejas.

Integrantes da escola de samba carioca Portela, que este ano homenageia a Bahia em seu desfile no carnaval, também participaram do evento. Levados pelos tambores do Olodum, o casal de mestre-sala e porta-bandeira da escola, Jéferson Souza e Jeane Martine, e duas passistas deram um toque diferente ao cortejo.

Era por volta das 11h30 quando as baianas chegaram ao topo da Colina Sagrada, onde fica a basílica, e deram início à lavagem das escadarias. Ali, milhares de fiéis aproveitaram para amarrar as famosas fitinhas no gradil que cerca a igreja, renovando a fé no Senhor do Bonfim.

"No ano passado, pedi pela recuperação da minha filha, que nasceu com um problema cardíaco e corria risco de morrer", conta a comerciante Maria Lydia Pessoa, de 33 anos, que levou a pequena Maria Clara, de 2, para o cortejo. "Vim agradecer a recuperação dela e pedir mais proteção."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email