Lawfare “não é obra exclusiva de Moro ou Dallagnol”, diz Cristiano Zanin

Ao comentar sobre a influência de Bannon nos EUA e Brasil, advogado de Lula destaca caráter mundial do uso dos sistemas de Justiça para gerar efeitos políticos

www.brasil247.com - Cristiano Zanin, Lula, Sérgio Moro e Deltan Dallagnol
Cristiano Zanin, Lula, Sérgio Moro e Deltan Dallagnol (Foto: Ricarod Stuckert | Reuters)


Revista Fórum - Em entrevista ao Fórum Onze e Meia desta sexta-feira (21), o advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin, comentou sobre a parceria entre procuradores da Lava Jato com agentes do FBI, agência de investigação dos Estados Unidos, e disse que há um fenômeno mundial de uso dos sistemas de Justiça para gerar consequências políticas.

Questionado sobre os impactos no Brasil da prisão do ex-estrategista de Donald Trump e aliado ao clã Bolsonaro, Steve Bannon, Zanin afirmou que o que tem acontecido no cenário político do Brasil não é consequência de um projeto exclusivo da Lava Jato ou do ex-juiz Sergio Moro.

“Tenho certeza de que aquilo que aconteceu e continua acontecendo no Brasil não é uma obra idealizada exclusivamente por Moro ou por Dallagnol”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia mais na Fórum.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email