Lema da caravana no Nordeste é “eleição 2018 sem Lula é fraude”

Discurso padrão do ex-presidente e de aliados durante a viagem pelo Nordeste, que terminou neste sábado 19 o tour pelo Estado da Bahia, tem sido para que a militância e a população não aceitem uma eventual proibição da candidatura do petista em 2018; Lula tem destacado sua perseguição política e reforçado que se o PT voltar, "vai fazer muito mais"

lula bahia
lula bahia (Foto: Gisele Federicce)

247 - O grito de 'Fora, Temer' continua, assim como as crítica às medidas de resseção do atual governo, que foi ao poder mediante um golpe, mas o discurso padrão do ex-presidente Lula e aliados durante a caravana no Nordeste tem sido para que a militância e a população não aceitem uma eventual proibição da candidatura do petista em 2018.

Militantes petistas têm saído às ruas com cartazes que dizem: "eleição sem Lula é fraude". O presidente da CUT, Vagner Freitas, e o ex-ministro de Dilma e atual secretário do Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner, foram na mesma linha com seus discursos na caravana.

Em suas falas na Bahia, onde terminou, neste sábado 19, um tour por quatro cidades do Estado, Lula tem destacado a perseguição política que tem sofrido pela Lava Jato, que o condenou sem provas, e midiática, pela Rede Globo. Ele também tem reforçado que se o PT voltar, "vai fazer muito mais" pelo povo, e especialmente pelos mais pobres.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247