Leonardo DiCaprio desmente Bolsonaro e alerta: ‘o futuro da Amazônia está em jogo’

O ator norte-americano Leonardo DiCaprio desmentiu Jair Bolsonaro, que acusou o artista de financiar ONGs para estimular incêndios na Amazônia. "Embora dignos de apoio, não financiamos as organizações visadas", diz

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ator norte-americano Leonardo DiCaprio desmentiu Jair Bolsonaro, que acusou o artista de financiar Organizações Não Governamentais (ONGs) para "tacar fogo" na Amazônia. "Embora dignos de apoio, não financiamos as organizações visadas", diz o em nota envida à agência de notícias Associated Press (AP). "O futuro desses ecossistemas insubstituíveis está em jogo e tenho orgulho de apoiar os grupos que os protegem", complementa.

O ator negou ter repassado dinheiro para a WWF e para o projeto Saúde e Alegria, citadas em um frágil inquérito da Polícia Civil do Pará para prender três voluntários da Brigada de Alter do Chão acusados de colocar fogo na mata para vender fotos para ONGs.

Em live na última quinta-feira (28), Bolsonaro afirmou: "Uma ONG ali pagou R$ 70 mil por uma foto fabricada de queimada. O que é mais fácil? ‘Toca’ fogo no mato. Tira foto, filma, manda para a ONG, a ONG divulga, entra em contato com o Leonardo DiCaprio e o Leonardo DiCaprio doa US$ 500 mil para essa ONG. Leonardo DiCaprio, você está colaborando com as queimadas na Amazônia", declarou.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247