Lewandowski poderá determinar retomada imediata de testes de vacina se resposta da Anvisa for insuficiente

Avaliação do gabinete do ministro do STF Ricardo Lewandowski é de que uma decisão sobre a obrigatoriedade da vacinação depende da conclusão dos estudos técnicos. Temor é que a paralisação dos testes pela Anvisa tenha sido determinada por razões políticas

Ministro Ricardo Lewandowski e CoronaVac
Ministro Ricardo Lewandowski e CoronaVac (Foto: Nelson Jr./SCO/STF | REUTERS/Diego Vara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A resposta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ao pedido de explicações feito pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski sobre a paralisação dos testes da vacina CoronaVac poderá resultar em uma liminar determinando a retomada imediata dos estudos. 

Segundo reportagem da Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, a avaliação de integrantes do gabinete do ministro é de que uma decisão sobre a obrigatoriedade da vacinação depende da conclusão dos estudos técnicos sobre o imunizante.

Lewandowski também teria confidenciado a interlocutores o temor de que a suspensão dos testes pela Anvisa tenha sido motivada por razões políticas. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247