Líder de assentamentos é morto a tiros no Pará

O líder de assentamentos no município de Placas, no Pará, Gilson Maria Temponi, foi assassinado a tiros nesse sábado, 15, no portão de casa; Gilson era presidente da Associação dos Agricultores Nova Aliança, dos assentamentos "PDS Castanheiro", "Arthur Faleiro" e "Avelino Ribeiro"; associação reúne cerca de 600 famílias, que vivem de forma precária, aguardando decisão do Incra sobre a regularização fundiária

Líder de assentamentos é morto a tiros no Pará
Líder de assentamentos é morto a tiros no Pará (Foto: Reprodução/Twitter )

247 - O líder de assentamentos no município de Placas, no Pará, Gilson Maria Temponi, foi assassinado a tiros nesse sábado, 15, no portão de casa. Gilson era presidente da Associação dos Agricultores Nova Aliança, dos assentamentos "PDS Castanheiro", "Arthur Faleiro" e "Avelino Ribeiro". A associação reúne cerca de 600 famílias, que vivem de forma precária, aguardando decisão do Incra sobre a regularização fundiária.

Como informa o G1, desde 2008, Gilson lutava pela regularização de terras junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Segundo as investigações, a vítima já vinha sofrendo ameaças de pistoleiros. Há cerca de um ano, ele se mudou do município de Placas para Rurópolis, temendo pela vida da família.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247