Lira extingue comissão de reforma tributária e deve instalar novo colegiado aliado ao governo

O relator Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) defendia uma reforma ampla, diferente do que quer a equipe econômica de Jair Bolsonaro

O presidente da Câmara, Arthur Lira
O presidente da Câmara, Arthur Lira (Foto: Pedro França/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), extinguiu a comissão de reforma tributária, tornando nulo o relatório do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), apresentado nesta terça-feira (4), informa a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo.

Lira recebeu um parecer técnico informando que o limite de 40 sessões por comissão especial foi ultrapassado, já que ocorreram 71.

Ribeiro defendia uma reforma ampla, diferente do que quer a equipe econômica de Jair Bolsonaro. Uma nova comissão com novos integrantes e um novo relator deve ser instalada. Lira defende que a reforma tributária seja aprovada o mais rápido possível.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email