Luciano Hang reage a meme que diz: “Havan, aqui vendemos até a mãe”

O empresário bolsonarista, convocado para depor na CPI da Covid, criticou o meme que circulou na internet após a informação de que o dono das Lojas Havan levou a mãe a uma unidade da Prevent Senior para um tratamento com remédios sem eficácia científica comprovada. Ela faleceu

LUCIANO HANG, DONO DA HAVAN
LUCIANO HANG, DONO DA HAVAN (Foto: LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Convocado para depor na CPI da Covid, o empresário Luciano Hang reagiu indignado nesta sexta-feira (24), a um meme que circula nas redes sociais com o logotipo da sua loja, a Havan, seguido da frase "aqui vendemos até a mãe". O meme foi repostado pelo jornalista Guga Noblat com o texto: "O cara mata a mãe com remédio ineficaz e depois falsifica o atestado de óbito. É o Nardoni ao contrário".

O empresário reagiu. "Chegamos ao fundo do poço. Como alguém pode atacar a mãe das pessoas por ideologia? A mãe é o bem mais precioso nas nossas vidas, até mesmo desses bandidos que conhecemos por aí. E, pela minha, eu fiz o possível e impossível durante o tempo em que a tive ao meu lado", reagiu Hang.

A CPI da Covid investiga a operadora de saúde Prevent Senior, que ocultou mortes de pacientes com a doença durante estudo para testar a eficácia da hidroxicloroquina, associada à azitromicina.

PUBLICIDADE

De acordo com a planilha dos pacientes do estudo, dos 636 participantes, apenas 266 fizeram eletrocardiograma, recomendado para pacientes tratados com cloroquina por conta do risco de problemas cardíacos. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email