Luis Miguel: resposta de Freixo como “autocrítica envergonhada”

Cientista política Luis Felipe Miguel analisou a resposta de Marcelo Freixo às críticas que recebeu em razão da entrevista à Folha, em que disse não acreditar ser o momento de união da esquerda e se apresentar como inventor da candidatura de Guilherme Boulos a presidente; "Freixo chama de 'esclarecimento', mas parece mais uma autocrítica envergonhada. Não se trata de falta de 'cuidado' de quem o criticou, como ele diz; não é possível alguém encontrar na entrevista da Folha aquilo que ele diz no vídeo", diz Miguel; "Seja como for, é louvável que ele se disponha a vir a público se retratar, algo não tão corriqueiro em líderes políticos. Pena que ele só toca nas questões mais conjunturais e não repensa – ao contrário, reforça – o eleitoralismo de fundo"

Luis Miguel: resposta de Freixo como “autocrítica envergonhada”
Luis Miguel: resposta de Freixo como “autocrítica envergonhada”

Diário do Centro do Mundo - O professor de ciência política da UNB Luis Felipe Miguel analisou a resposta de Marcelo Freixo às críticas que recebeu em razão da entrevista à Folha, em que disse não acreditar ser o momento de união da esquerda e se apresentar como inventor da candidatura de Guilherme Boulos a presidente.

A análise, rápida, foi publicada no Facebook:

“Freixo chama de “esclarecimento”, mas parece mais uma autocrítica envergonhada. Não se trata de falta de “cuidado” de quem o criticou, como ele diz; não é possível alguém encontrar na entrevista da Folha aquilo que ele diz no vídeo.

Seja como for, é louvável que ele se disponha a vir a público se retratar, algo não tão corriqueiro em líderes políticos. Pena que ele só toca nas questões mais conjunturais e não repensa – ao contrário, reforça – o eleitoralismo de fundo.”

Assista ao vídeo de Marcelo Freixo: 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247