Fux blinda Dallagnol e impede julgamento que poderia afastá-lo da Lava Jato

Ministro do STF atendeu a pedido do procurador Deltan Dallagnol e determinou que o Conselho Nacional do Ministério Público aguarde julgamento da ação pelo Supremo para seguir com medidas mais duras ao procurador

www.brasil247.com - Ministro do STF Luiz Fux e Deltan Dallagnol
Ministro do STF Luiz Fux e Deltan Dallagnol (Foto: Nelson Jr./SCO/STF | José Cruz/Agência Brasil)


247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux impediu a expulsão do procurador Deltan Dallagnol da força-tarefa da Lava Jato em julgamento realizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) nesta segunda-feira (17).

Fux atendeu a pedido do procurador e determinou que o órgão “se abstenha de considerar a penalidade aplicada” no julgamento dos três processos disciplinares contra ele que estavam na pauta e aguarde julgamento da ação pelo STF para seguir com medidas mais duras ao procurador.

O julgamento no STF definirá se o Conselho errou ao aplicar pena de advertência a Dallagnol pelas críticas ao próprio STF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A decisão de Fux suspende uma advertência aplicada a Dallagnol pelo CNMP em novembro de 2019, quando o procurador teve uma pena aplicada por ter feito críticas ao STF. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247 e assista a boletim sobre o assunto:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email