Fux blinda Dallagnol e impede julgamento que poderia afastá-lo da Lava Jato

Ministro do STF atendeu a pedido do procurador Deltan Dallagnol e determinou que o Conselho Nacional do Ministério Público aguarde julgamento da ação pelo Supremo para seguir com medidas mais duras ao procurador

Ministro do STF Luiz Fux e Deltan Dallagnol
Ministro do STF Luiz Fux e Deltan Dallagnol (Foto: Nelson Jr./SCO/STF | José Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux impediu a expulsão do procurador Deltan Dallagnol da força-tarefa da Lava Jato em julgamento realizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) nesta segunda-feira (17).

Fux atendeu a pedido do procurador e determinou que o órgão “se abstenha de considerar a penalidade aplicada” no julgamento dos três processos disciplinares contra ele que estavam na pauta e aguarde julgamento da ação pelo STF para seguir com medidas mais duras ao procurador.

O julgamento no STF definirá se o Conselho errou ao aplicar pena de advertência a Dallagnol pelas críticas ao próprio STF.

A decisão de Fux suspende uma advertência aplicada a Dallagnol pelo CNMP em novembro de 2019, quando o procurador teve uma pena aplicada por ter feito críticas ao STF. 

Inscreva-se na TV 247 e assista a boletim sobre o assunto:

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247