Luiza Trajano: não pode ter meritocracia se o ponto de partida não é o mesmo

Em debate do grupo Prerrogativas, transmitido pela TV 247, a empresária Luiza Trajano, do Magazine Luiza, explicou por que lançou um programa de trainee só para negros

Luiza Trajano
Luiza Trajano
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A empresária Luiza Trajano disse neste sábado (26) que não pode haver meritocracia se o ponto de partida não é o mesmo para toda a sociedade. 

A afirmação foi feita durante debate promovido pelo Grupo Prerrogativas, formado por advogados renomados de todo o país. 

A live foi retransmitida pela TV 247 e contou com a participação do juiz André Nicolitt.

Luiza Trajano foi destaque no noticiário nos últimos dias por anunciar que o Magazine Luiza selecionará apenas candidatos negros para seu programa de trainee, o que despertou uma série de reações racistas. 

A empresária homenageou o cidadão negro estadunidense George Floyd brutalmente assassinado pela polícia, sufocado por oito minutos. Ela disse que foi "George quem começou tudo isso", referindo-se ao programa de trainee.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247