Lula agradece Fachin pela anulação dos processos e diz que foi feita justiça mesmo muito tempo depois

Na primeira entrevista após a anulação de suas condenações, o ex-presidente Lula agradeceu o ministro responsável pela decisão, Edson Fachin, e afirmou que o STF "mostrou que nunca houve crime cometido" por ele. Assista na TV 247

www.brasil247.com - Lula e Edson Fachin
Lula e Edson Fachin


247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu nesta quarta-feira (10) ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), pela decisão que anulou suas condenações e restabeleceu seus direitos políticos. "O STF mostrou que nunca houve crime cometido por mim".

Ele concede entrevista coletiva nesta manhã na sede do Sindicato dos Matalúrgicos do ABC, transmitida pela TV 247, dois dias após a decisão de Fachin e um dia depois de o Supremo avançar no julgamento sobre a suspeição do juiz Sergio Moro ao julgar o petista. A sessão foi suspensa pelo pedido de vista do ministro Nunes Marques.

"Fachin cumpriu uma coisa que a gente reivindicava desde de 2016", disse ainda Lula, referindo-se às denúncias da sua defesa ao apontar que não era da competência da Vara de Curitiba analisar os processos contra ele, como Fachin ressaltou ao anular as sentenças.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Lula sobre a pandemia

Lula também fez duras críticas à condução do governo Bolsonaro no momento de maior crise da pandemia do coronavírus e afirmou que “o sofrimento que as pessoas pobres estão passando nesse país é muito maior do que todas as injustiças que fizeram contra mim". "Não existe dor maior do que a do cidadão desempregado", completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele também condenou o decreto de Jair Bolsonaro que facilita o acesso à armas de fogo. “Um presidente não é eleito para falar bobagens e fake news. Não é eleito para armar a população. Não precisamos de mais armas”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Quem está precisando de armas é as Forças Armadas, é a polícia. Não fazendeiros, não milicianos para matar meninas e meninos negros", acrescentou o petista.

Inscreva-se na TV 247 e assista à coletiva:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email