CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Lula: "Brasil quer definitivamente deixar de ser um país em desenvolvimento"

Presidente aproveitou o marco da inauguração do IMPA Tech no Rio de Janeiro para reafirmar seu compromisso com a educação

Camilo Santana e Lula no Rio (Foto: Ricardo Stuckert / PR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - No marco da inauguração do IMPA Tech no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (2), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou sua visão ambiciosa para o Brasil, destacando a educação como pilar essencial para o avanço do país.

Durante o evento no Porto Maravalley, zona portuária da cidade, o presidente afirmou: “O Brasil quer definitivamente deixar de ser um país pobre ou em desenvolvimento. Seremos do tamanho da nossa capacidade de governar. Por isso que não podemos sonhar pequeno, mas quando a gente sonha grande, a gente acorda para torná-lo realidade.”

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Lula aproveitou a ocasião para reafirmar seu compromisso com a educação, citando a criação do primeiro curso de graduação do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) como um "gol de bicicleta" na trajetória educacional e científica do Brasil. “Se não fosse o IMPA, não estaríamos aqui,” declarou, sublinhando o papel do instituto na formação acadêmica e na promoção da matemática como uma disciplina crucial para o desenvolvimento nacional.

A graduação em Matemática da Tecnologia e Inovação, oferecida gratuitamente pelo IMPA Tech, foi desenhada para integrar os estudantes no mercado de tecnologia e inovação, provendo não só educação de qualidade, mas também apoio financeiro significativo. O governo federal, por meio do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), e em parceria com a prefeitura do Rio de Janeiro, investirá R$ 18,7 milhões no projeto em 2024.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em seu discurso, Lula enfatizou a importância da inclusão e da democratização do acesso à educação, mencionando sua própria trajetória e a da sua família como exemplo do poder transformador da educação. “Matemática é a matéria mais extraordinária para qualquer aluno do mundo inteiro,” afirmou, adicionando que “Educação não é só para os ricos, é um investimento que o Estado precisa assumir responsabilidade.”

O presidente também destacou os esforços para desmistificar preconceitos contra alunos de escolas públicas em competições acadêmicas, celebrando o sucesso da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), que se tornou a maior olimpíada de matemática do mundo. “Conseguimos desmistificar essa ideia. Hoje temos a maior olimpíada de matemática do mundo,” celebrou Lula.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
"Aparece sempre aqueles que não acreditam no Brasil e no povo e na capacidade dos pobres. Ouvia que alunos de escola pública não queria fazer olimpíadas de matemática"

Ainda no evento, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, elogiou as políticas do presidente Lula voltadas à habitação popular, além dos investimentos do governo federal no Rio de Janeiro.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO