Lula defende mais crédito e PEC das diretas já

O ex-presidente Lula publicou vídeo nesta quarta (28) nas redes sociais no qual apresenta a receita para o Brasil superar a atual crise econômica e política; ele defende o aumento nos investimentos e na liberação do crédito e afirma que "para o país voltar a crescer é preciso ter um presidente eleito democraticamente pelo povo"; "Como a gente não pode esperar até 2018, quem sabe a gente não faz uma PEC e antecipa as eleições", diz; "O Brasil depende de sua própria força. Acho que tem solução, e ela vem com mais democracia, mais participação, mais investimento e mais crédito. É preciso que o país volte a discutir crescimento e desenvolvimento", reforça; confira o vídeo

Lula 
Lula  (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula publicou vídeo nesta quarta-feira (28) nas redes sociais no qual sugere a receita para o Brasil superar a crise econômica e política na qual está imerso. Ele defende o aumento nos investimentos e na liberação do crédito e afirma que "para o país voltar a crescer é preciso ter um presidente eleito democraticamente pelo povo".

"Como a gente não pode esperar até 2018, quem sabe a gente não faz uma PEC e antecipa as eleições", diz. "O Brasil depende de sua própria força. Acho que tem solução, e ela vem com mais democracia, mais participação, mais investimento e mais crédito. É preciso que o país volte a discutir crescimento e desenvolvimento", reforça. "É importante que a gente combine isso com um governo com credibilidade e previsibilidade", completa. 

 

 

Ao final do vídeo, Lula diz que a ideia era gravar apenas uma mensagem de "Feliz Natal e Feliz Ano Novo", "mas aí deu vontade de falar de economia, então resolvi abusar da vontade de vocês".

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email