Lula detona “frente democrática”: não vou fazer papel de palhaço

Ex-presidente Lula voltou criticar a hipocrisia da direita brasileira, que defende formação de "frente ampla" contra Bolsonaro, mas com a manutenção da política econômica de Paulo Guedes

Lula e Jair Bolsonaro
Lula e Jair Bolsonaro (Foto: Ricardo Stuckert | Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar nesta quinta-feira, 25, a formação de uma frente ampla de forças políticas que não defenda a saída de Jair Bolsonaro e a mudança da política econômica neoliberal de Paulo Guedes. 

"Eu perdi a minha liberdade política mas não perdi minha dignidade. Não sei quantos anos vou viver, mas esses caras vão perceber que lidar com inocente é diferente de lidar com bandido. Eles falam que o Lula tá nervoso. Eu não tenho mais idade pra me enganar", disse Lula pelo Twitter

"Minha vida foi negociar. Sou um cara que sempre conversou, ouviu, dialogou. Mas não vou fazer papel de palhaço. Quem quiser falar em democracia, tem que defender o impeachment do Bolsonaro", acrescentou o ex-presidente. 

Assista à entrevista de Lula:

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247