Lula diz que conversa com Ciro não existiria se o tema fosse 2022

Após votar em São Bernardo do Campo, ex-presidente diz que é preciso adotar "uma política de respeito mútuo entre os partidos"

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jornal GGN – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou neste domingo que sua reaproximação com o pedetista Ciro Gomes passa ao largo das eleições presidenciais de 2022.

“Nós não poderíamos conversar isso porque se a gente sentasse para conversar isso, a gente não teria sentado”, afirmou Lula durante entrevista coletiva realizada após votar na cidade de São Bernardo do Campo (SP).”O que é preciso estabelecer entre nós é que nós temos o direito de sermos adversários. As pessoas se esquecem que em 2016 o [petista Fernando] Haddad não foi para o segundo turno porque nós tivemos companheiras como a Marta [Suplicy], que foi candidata e tirou 10% do voto. Nós tivemos a Luiza Erundina, que foi candidata e tirou outro percentual de voto de Haddad”, afirmou o ex-presidente, em uma referência à derrota de Haddad para João Doria (PSDB), em primeiro turno.

“A gente pode ter adversidade, a gente pode ter pontos de vista divergentes, mas o que nós precisamos é adotar uma política de respeito mútuo entre os partidos, entre as pessoas do partido, para que a gente possa trabalhar de forma que um candidato progressista de esquerda possa ganhar as eleições de 2022”.

Continue lendo no Jornal GGN

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247