Lula diz que só será candidato em 2022 se formar aliança ampla com o Centro

O ex-presidente Lula afirmou nesta quinta-feira em reunião com partidos progressistas no Rio de Janeiro que só concorrerá nas eleições de 2022 se tiver segurança de que não será derrotado

(Foto: Giorgia Prates/Mídia NINJA | Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Lula disse nesta quinta-feira (10), durante reunião com partidos de esquerda no Rio de Janeiro que ainda não tomou definitivamente a decisão de se candidatar em 2022 e que só o fará se tiver segurança da vitória.

Para Lula, para vencer será necessário fazer uma aliança ampla, que inclua o Centro.

Lula destacou que hoje é mais necessário do que nunca que a esquerda se una a lideranças de centro e forme palanques amplos para tentar derrotar Bolsonaro. Disse que só ganhou a eleição depois de entender que os 30% de votos que o PT costuma garantir nas disputas não eram suficientes e que precisava ultrapassar 50% dos votos, aponta a jornalista Bela Megale em artigo no Globo.

O ex-presidente foi explícito ao dizer que é necessário “trazer mais gente”, “deixar as diferenças de lado” e ser “generoso” na construção de palanques, cedendo em nome de uma união ampla.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email