Lula: 'Dodge e Janot jogaram a seriedade do MP no lixo'

Em entrevista à Fórum, o ex-presidente defendeu que o Ministério Público precisa ser forte e independente, mas criticou a conduta dos últimos dois chefes da Procuradoria Geral da República, Raquel Dodge e Rodrigo Janot. "Estão jogando no lixo essa seriedade que essas instituições devem ter. O Janot jogou no lixo, a Dodge jogou no lixo. Você já viu, por acaso, eu fazer alguma reclamação dos outros procuradores?”, disparou

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)

247 - Em entrevista concendida à Revista Fórum, o ex-presidente Lula, que encontra-se preso político desde de sete de junho de 2018, falou, entre outros assuntos, sobre a conduta do Ministério Público Federal (MPF) na operação Lava Jato.

Em sua visão, os ex-chefes da PGR Raquel Dodge e Rodrigo Janot "jogaram no lixo a seriedade" da PGR. “Eu sou um cara democrático. E eu acho que a democracia é sustentada por instituições fortes. Então eu sempre achei que o MP tem que ser forte, tem que estar altamente qualificado. E se você pegar os discursos que eu fiz na posse de procuradores, você vai perceber uma frase minha onde eu dizia: ‘O MP é tão forte, é tão importante, que as pessoas que trabalham têm que ter muita responsabilidade’. O mesmo eu dizia para a Polícia Federal. É outra instituição que eu acho que tem que ser forte para garantir a democracia. A Receita Federal tem que ser forte. E o judiciário não só tem que ser forte como tem que ser neutro. As pessoas têm que julgar com base na lei. Esse é o pressuposto básico da compreensão que eu tenho dessas instituições. Ora, o que eles estão fazendo? Estão jogando no lixo essa seriedade que essas instituições devem ter. O Janot jogou no lixo, a Dodge jogou no lixo. Você já viu, por acaso, eu fazer alguma reclamação dos outros procuradores?”, disparou Lula.

Lula fez questão de dizer que em seus governos valorizou tanto o MPF, quanto a Polícia Federal e a Receita Federal, e enfatizou que defende que essas instituições sejam “fortes” e “independentes”. Para o ex-presidente, no entanto, o penúltimo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, bem como a última chefe do MP, Raquel Dodge, “jogaram a seriedade no lixo”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247