Lula enquadra a imprensa ao ser questionado sobre Ortega: “vocês nunca falaram nada quando eu fui preso injustamente”

"Vocês não falaram nada quando prenderam o cara que estava em primeiro lugar nas pesquisas”, afirmou o ex-presidente aos entrevistadores da Rádio Gaúcha, que apoiou o golpe de Temer, a prisão de Lula e a eleiçao de Bolsonaro

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Reprodução/Youtube)


 247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enquadrou a imprensa pelo uso distorcido de uma declaração feita por ele sobre a Nicarágua e o que achava da prisão de opositores feita por Daniel Ortega para questionar a sua potencial candidatura à Presidência da República em 2022. “Não vi vocês ficarem incomodados quando fui preso injustamente, Não vi vocês falarem se o Bolsonaro foi candidato comigo preso”, disse Lula nesta terça-feira (30) durante entrevista à Rádio Gaúcha. A rádio e pelo menos uma das jornalistas presentes apoiou o golpe contra Dilma Roussef, a prisão de Lula e a eleiçao de Bolsonaro.

A fala de Lula foi feita no âmbito de uma pergunta feita pelos entrevistadores se a Nicarágua, a Venezuela e Cuba poderiam ser considerados regimes democráticos. “Primeiramente, não fiz comparação entre Ortega e Angela Merkel. Fiz comparação entre dois mandatos, entre o parlamentarismo e presidencialismo. Porque no parlamentarismo as pessoas podem ficar 20 anos -  Margaret Thatcher ficou 16 anos - e no presidencialismo não pode?.Foi este o questionamento” disse Lula.  

“A segunda coisa é a seguinte: a Venezuela acabou de fazer uma eleição. Embora Maduro tenha feito a maioria dos governadores, a verdade é que na somatória de votos  a oposição ganhou. A posição teve 52% ou 53% dos votos contra quarenta e pouco do Maduro. Quando a oposição participa eles têm chance de ganhar Acontece que eles participaram em dez partidos políticos e o Maduro ganhou”completou.  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Neste momento, uma jornalista afirmou que o presidente nicaraguense havia prendido opositores. “Não vi vocês ficarem incomodados quando fui preso injustamente, Não vi vocês falarem que o Bolsonaro foi candidato comigo preso. É engraçado.  Eu estava preso quando a ONU, em Genebra, autorizou que eu pudesse ser candidato a presidente. A ONU disse que eu podia ser candidato sub judice como em outras eleições tiveram 140 candidatos a prefeitos sub judice. Aí o Barroso tomou a decisão de me enquadrar na Lei da Ficha Limpa. Este é o critério. Vocês não falaram nada quando prenderam o cara que estava em primeiro lugar nas pesquisas. Eu não era oposição. Eu era o cara que sozinho tinha mais votos que todos os outros, Me prenderam para me tirar das eleições”, afirmou o ex-presidente. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email