Lula: quem está incendiando a Amazônia são os fazendeiros bolsonaristas

O ex-presidente Lula foi taxativo na entrevista à TV 247: quem está incendiando a Amazônia são os fazendeiros bolsonaristas. "É só pegar fotografias de satélites, saber quem é o proprietário de terra que está queimando e ir atrás do proprietário da terra para saber quem botou fogo", disse Lula aos jornalistas Mauro Lopes, Paulo Moreira Leite e Pepe Escobar

www.brasil247.com -
(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reuters | Esio Mendes)


247 - Maior liderança popular do País, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi taxativo na entrevista à TV 247: quem está incendiando a Amazônia são os fazendeiros bolsonaristas. Ele falou ao jornalistas Mauro Lopes, Paulo Moreira Leite e Pepe Escobar nesta quinta-feira (22) de sua prisão na Polícia Federal de Curitiba (PR).

"É só pegar fotografias de satélites, saber quem é o proprietário de terra que está queimando e ir atrás do proprietário da terra para saber quem botou fogo. Se o dono da terra não reclamou, não foi à polícia dar queixa de que teve incêndio na terra dele, é porque foi ele quem botou fogo", disse Lula à TV 247 na capital paranaense. 

A Alemanha, o Canadá e a Noruega se uniram ao presidente francês, Emmanuel Macron, no sentido de apoiar a discussão sobre o desmatamento da Amazônia brasileira durante a cúpula do G7, neste final de semana, em Biarritz, na França. A magnitude dos incêndios "é assustadora e ameaçadora, não só para o Brasil e os outros países envolvidos, mas para todo o mundo", afirmou a chanceler alemã, Angela Merkel, por meio de seu porta-voz (veja aqui).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo Macron, Bolsonaro “mentiu” sobre os compromissos ambientais assumidos pelo Brasil, o que levou a decisão da França de não ratificar o tratado comercial entre a União Européia e o Mercosul. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Dada a atitude do Brasil nas últimas semanas, o presidente da República só pode constatar que o presidente Bolsonaro mentiu para ele na cúpula (do G20) de Osaka", disse o governo francês por meio de nota. “O presidente Bolsonaro decidiu não respeitar seus compromissos climáticos nem se comprometer com a biodiversidade”, complementa o texto (leia aqui).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter), somente em junho deste ano, foram destruídos 920,2 km² de floresta na Amazônia, um aumento de 88% em comparação com o mesmo mês do ano passado. 

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) havia alertado que a devastação aumentou 88% junho e 278% julho na comparação com iguais períodos de 2018.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja a íntegra da entrevista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email