‘Lula vê o pobre como a solução, não o problema’, diz Haddad

Ex-candidato à Presidência, Fernando Haddad (PT) elogiou os feitos do ex-presidente Lula no Nordeste e denunciou o oportunismo de Bolsonaro, que tenta faturar com projetos petistas

(Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-candidato à Presidência do PT Fernando Haddad escreveu, em sua coluna “Nordeste”, publicada na Folha de S. Paulo, na noite de sexta-feira, 24, que “Lula nunca fez segredo do seu projeto político. Via o pobre como parte da solução, não parte do problema”. “Lula optou por redefinir prioridades e, nas suas palavras, ‘pôr os pobres no Orçamento da União’”, ressaltou Haddad.

Segundo o petista, as mudanças feitas pelo ex-presidente na região gerou “uma mudança estrutural que nenhum especialista em desenvolvimento regional esperaria”, levando energia elétrica, estradas, creches e muito mais para vários municípios.

“As mais debatidas, contudo”, salientou, “ foram o Fundeb, o Bolsa Família e a transposição do rio São Francisco, ações das quais Bolsonaro tenta se apropriar”. Haddad denunciou o oportunismo de Jair Bolsonaro que sempre atacou o Bolsa Família, mas tenta faturar com o programa (que mudou de nome para Renda Brasil), “boicotou o quanto pôde” a PEC de prorrogação do Fundeb e comemorou a transposição do Rio São Francisco, obra dos petistas “que recebeu praticamente pronta”.

“O homem que estima o peso de negros em arrobas e chama os nordestinos de "paraíba" há de receber uma resposta à altura da sua visão agropecuária da nossa gente”, concluiu o professor Fernando Haddad.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247