Luxemburgo dá calote de R$ 1,9 milhão em Edmundo e pode ter cobertura invadida

Determinao judicial tem o sentido de cobrir cheques de R$ 1,9 milho passados pelo atual tcnico do Flamengo a ex-jogador; invaso residncia est autorizada

Siga o Brasil 247 no Google News

Brasil 247 _ Uma operação de busca e apreensão pode ser feita a qualquer momento na cobertura em que vive o técnico do Flamengo, Wanderley Luxemburgo, no condomínio Barramares, no bairro da Barra da Tijuca, no Rio. Decisão judicial neste sentido foi expedida ontem, com a finalidade de promover a penhora de “veículos de transporte, objetos de arte ou adornos suntuosos” para a quitação de uma dívida de R$ 1,9 milhão do treinador com o ex-jogador Edmundo. Atual comentarista de futebol da rede Bandeirantes, o ex-atleta que pertenceu à seleção brasileira justificou pelo twitter a ação que move contra Luxemburgo desde 2006, em razão de cheques não quitados. “Apenas estou cobrando aquilo que eu tenho direito, pois tenho filhos que precisam de mim”, escreveu. Por meio de seu assessor de imprensa, o técnico informou desconhecer a decisão judicial. Edmundo ganhou na Justiça o direito de receber o valor dos cheques passados a ele por Luxemburgo, mas, até aqui, não havia sido encontrados bens em nome do treinador que pudessem se equiparar, em valor, ao compromisso não resolvido. Nesses casos, de acordo com o artigo 659 do Código de Processo Civil, pode haver busca e apreensão na residência com mau pagador.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email