Mãe de jogador se recusou a abraçar Temer

"É ele a estrela da história?", questionou Alaíde Pacheco, mãe do goleiro Danilo, que faleceu na tragédia da Chapecoense; "ah, para com isso, né?"; dias antes, ela emocionou o País, ao se solidarizar a profissionais de imprensa que perderam colegas na tragédia; vídeo

Mãe de jogador se recusou a abraçar Temer
Mãe de jogador se recusou a abraçar Temer
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A mãe do goleiro Danilo Padilha, dona Alaíde Pacheco, se recusou a abraçar Michel Temer, que ontem participou do velório coletivo da Chapecoense.

"É ele a estrela da história?", questionou. "Ah, para com isso, né?"

Dias antes, ela deu uma entrevista emocionante à SporTV. Em conversa com o repórter Guido Nunes ela contou sobre os momentos de agonia que passou antes de receber a confirmação da morte do filho, que chegou a ser resgatado com vida dos destroços. "Se tivesse acontecido igual aos outros, você já tinha perdido a esperança", conta ela.

Dona Alaíde, que disse que se tornou um pouco mãe de todos os torcedores da Chape após a tragédia, fez em seguida uma pergunta ao repórter. "Como vocês da imprensa estão se sentindo, perdendo tantos amigos queridos lá?", pergunta ela, e em seguida pede para dar um abraço em Nunes, que não consegue responder nem segurar a emoção.

Abaixo, o vídeo em que ela fala de Temer:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email