CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Máfia de Taboão da Serra: 8 presos

Operao iniciada na tarde de ontem teve sequncia nesta quarta-feira; Polcia Civil procura mais trs suspeitos

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247, com informações da Agência Brasil – A Máfia dos Impostos de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, já sofreu oito baixas, três delas nesta quarta-feira. A Polícia Civil executou os mandados de prisão de Turíbio Antonio de Castilho Júnior, de 56 anos, ex-diretor do Departamento da Secção de Cadastro da Prefeitura, Bruno Camargo Bolfarini, de 27, que emitia certidões da Dívida Ativa do município, e Celso Santos de Vasconcelos, de 36, ex-funcionário do Executivo local e agenciador de devedores do IPTU.

Na terça-feira (3), foram presas cinco pessoas, entre elas três vereadores de Taboão da Serra: Carlos Alberto Aparecido de Andrade (PV); Arnaldo Clemente dos Santos, o Arnaldinho (PSB), e José Luiz Eloi (PMDB). Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, as ações fazem parte de uma operação da Polícia Civil. Ao todo, 11 mandados de prisão temporária foram emitidos pela Justiça e estão sendo cumpridos. Até o fim da manhã desta quarta, três suspeitos ainda estavam sendo procurados.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Segundo a Prefeitura de Taboão da Serra, todos os presos são suspeitos de alterar de forma ilegal débitos de empresas e contribuintes com o município. O valor de impostos devidos à prefeitura era reduzido para beneficiar os devedores. O esquema está sendo investigado desde 2005. O Executivo municipal estima que, só nos três primeiros meses deste ano, o total desviado dos cofres públicos chegue a R$ 1 milhão.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO